reconhecendo-me

textos

relações e facas

às vezes as pessoas dizem algumas coisas que chegam como uma facada no peito. entretanto, por mais duras que pareçam, suas palavras são como faca sem ponta, o seu potencial de machucar é bem pequeno.

muitos carregam dentro de si facas afiadas: pensamentos cruéis e destruidores sobre si mesmos. esses sim têm a capacidade de cortar profundamente. na verdade, o seu corte começa do fundo.
quando o pensamento de dentro não é acolhido e encontra uma palavra agressiva por fora, o corte de dentro permite que a faca de fora entre e talvez machuque ainda mais.

mas é possível acolher os nossos próprios pensamentos, abraçando-os de modo que não nos machuquem. podemos apenas percebê-los e deixá-los ir, nos atentando para o que eles estão tentando nos dizer.

da mesma forma podemos acolher as palavras ditas pelos outros. podemos ouvi-las com compaixão e, quem sabe, não percebemos que o outro está ferido por seus próprios pensamentos e usa aquelas palavras como um pedido de ajuda? além disso, as palavras podem trazer à tona os pensamentos que sempre temos, mas nunca prestamos atenção.

como estão seus pensamentos? como estão suas feridas internas? e como chegam até você as palavras dos outros?